A polícia recebeu um chamado diferente da noite desta quinta-feira (5), em Bayeux, na Grande João Pessoa. Após o desabamento de uma casa, vizinhos encontraram no local uma ossada humana. De acordo com a Polícia Militar, os vizinhos acreditam que a ossada pertencia ao filho da antiga dona da casa que faleceu em 2013.

Ainda segundo a polícia, os restos encontrados são realmente ossos humanos e de alguém do sexo masculino. O esqueleto está sendo analisado no Instituto de Polícia Científica, no bairro Cristo Redentor, para esclarecer o fato. 

O caso aconteceu no bairro Mário Andreazza. A história que os vizinhos contaram à polícia é que na casa há muitos anos, moraram duas mulheres, mãe e filha. Essa última possuía problemas psiquiátricos. 

A mulher tinha também um outro filho que teve várias passagens pela polícia e foi assassinado em Campina Grande. Os ossos seriam desse filho, cujo corpo teria sido enterrado inicialmente no cemitério do Cristo Redentor e depois sido exumado clandestinamente.

A idosa, que faleceu há 10 anos, tinha o hábito de lavar os ossos e deixá-los pendurados.

Monica Melo/ClickPB
Foto: Reprodução TV Cabo Branco
Espalhe:

Qual seu ponto de vista acerca do tema. Poste um comentário: