A Comissão de Ética da Câmara de Bragança Paulista (SP) puniu nesta segunda-feira (17) o vereador Ditinho do Asilo (PSC) com uma advertência por ser flagrado cheirando uma calcinha durante uma sessão virtual do legislativo. O flagrante aconteceu durante uma sessão em junho.

A comissão foi acionada por meio de denúncias de promotoras legais populares e informou em nota que a comissão decidiu por unanimidade a punição. Segundo a nota, esta é a maior punição que o grupo pode apresentar, cabendo somente ao plenário a cassação de mandato.


Dois pedidos de cassação de mandato de Ditinho do Asilo foram apresentados no plenário e acabaram sendo arquivados por 14 votos contrários e quatro favoráveis na sessão de 30 de junho.

Flagrante

Na sessão ordinária do dia 23 de junho, enquanto uma vereadora comentava sobre cortes de árvores na cidade o vereador, que estava participando da sessão, aparece com uma calcinha vermelha na mão. Ele olha a peça e, em seguida, cheira.

De acordo com o vereador, ele estava em seu gabinete no momento do vídeo para a sessão, quando recebeu um pacote de presente enviado por um amigo. Ele conta que desativou o microfone da chamada com os vereadores para ver o que havia ganho, achando que o vídeo também seria desativado automaticamente, mas foi flagrado.

Na imagem, outro vereador ainda tenta alertar o parlamentar. Instantes depois, ele percebe que está sendo filmado e afasta a câmera. À época ele disse que a calcinha comestível foi enviada a ele como uma brincadeira de um amigo.

G1
Espalhe:

Qual seu ponto de vista acerca do tema. Poste um comentário: